Como participar do Bolsa Família

conversor digital bolsa familiaO Governo Brasileiro possui uma série de programas sociais voltados para melhorar a vida da população de baixa renda, onde um desses principais programas é o Bolsa Família.

Este benefício é voltado para pessoas que se encontram em situação de pobreza e/ou extrema pobreza.

Porém, muitas pessoas não sabem como realizar o seu cadastro no Bolsa família, por este motivo preparamos esse passo a passo completo abaixo.

Passo a passo para se cadastrar no Bolsa Família

O cadastro no Bolsa Família se divide em passos, onde o primeiro é:

Inscrição no CadÚnico

O primeiro passo para quem deseja se cadastrar no Bolsa Família, é se fazer a sua inscrição no CadÚnico (Cadastro Único dos Programas Sociais).

Para se cadastrar no CadÚnico, você deverá seguir os passos abaixo:

  1. Reunir todos os documentos pessoais necessários dos seus familiares e seu para realizar o cadastro: Certidão de nascimento, certidão de casamento (se aplicável), cópias dos CPFs, cópias de documentos de identidade (RG ou CNH), carteira de trabalho (para comprovação de renda), título de eleitor.
  2. Dirija-se ao CRAS do seu município para realizar o cadastro.
  3. Para a conclusão cadastro, você será atendido e entrevistado por um assistente social:  Eles irão aplicar perguntas relacionadas a sua fonte de renda, lembrando que é importante responder essas perguntas com sinceridade para evitar possíveis problemas legais por perjúrio.
  4. Pode ocorrer que o assistente social solicite algum documento a mais, neste caso será necessário procurar e entregar para completar seu cadastro.

Cadastro no Bolsa Família

Agora que você já realizou o seu cadastro no CadÚnico, chega a hora de se inscrever no Bolsa Família.

Este processo é bem similar ao anterior, onde até mesmo na sua ida ao CRAS, você já pode solicitar lá mesmo para ser inscrito no Bolsa Família.

Porém, para se cadastrar neste auxílio, serão exigidos mais alguns documentos adicionais, entre eles:

  • Para todos os membros da família: documento de identificação, o CPF, o título de eleitor, a certidão de casamento ou de nascimento e/ou a carteira de trabalho. Aconselhamos a levar todos os documentos pessoais.
  • Documentos de comprovação da renda familiar: para comprovar que a família vive com renda per capita baixa que se enquadra nos requisitos do programa.
  • Cartão de vacinação das crianças com idade entre 0 e 7 anos de idade: As vacinas devem estar em dia.
  • Certificado de matrícula escolar: Exigido para crianças e jovens entre 6 e 17 anos de idade.
  • Certificado de frequência escolar: Que comprove frequência superior a 85%, no caso das crianças e para jovens entre 16 e 17 anos de idade, a frequência deve ser superior a 15%.

Seleção para o Bolsa Família

Após realizar a inscrição, os gestores do MDS (Ministério Do Desenvolvimento Social) irão analisar os documentos, para ver se você se você tem ou não direito a receber este benefício.

Durante esse período de apuração, o beneficiário pode consultar se o benefício foi aprovado ou não através da internet, no site de benefícios da caixa.

Se o benefício for aprovado, um cartão será enviado a você pelos correios direito para sua casa, ou para o CRAS do seu município, necessitando sua retirada.

Com o cartão em mãos, você precisará desbloquear este para começar a sacar o seu benefício e ter acesso a outras vantagens, como o conversor digital bolsa familia. Este procedimento de desbloqueio deve ser feito em uma agência da Caixa Econômica Federal, e após isso, agora todos os meses você poderá sacar o seu benefício do Bolsa Família.