Instrumentos Musicais: 3 dicas para começar bem

Que instrumento escolher?

Você já pensou em tocar algum instrumento musical que você tem muita vontade mas não sabe por onde começar? Relaxa! Eu tô aqui pra tentar ajudar vocês à dar o primeiro passo e pra isso, eu quero dividir com você três dicas que me ajudaram bastante quando eu pensei em começar à tocar a cavaquinho!

O inicio é sempre mais dificil para qualquer coisa que você resolva fazer, não é? Pense bem, é sempre mais dificil dar o primeiro passo. O mais difícil da dieta é começar, o mais difícil da academia é ir na primeira semana, o mais difícil de começar a tocar um instrumento musical também acontece no inicio de tudo.

Dicas para começar a tocar um instrumento

A primeira dica que eu quero dividir com vocês é: Comece de baixo!

Não adianta você investir de cara em um P$%#@ instrumento musical. Ter um bom equipamento não necessariamente vai fazer de você um bom músico. Pra isso é necessário muita disciplina, estudo e persistência, mas, o primeiro passo, óbvio é ter o seu instrumento! Procure investir num instrumento que esteja de acordo com as suas condições financeiras.

Uma bateria, por exemplo, um kit que seja simples, o mais básico não vai sair por menos do que R$1.500 à R$2.000, como por exemplo uma bateria da marca Ludwig, veja aqui. Isso, é claro, dependendo do lugar onde você escolher fazer a compra.

Já um cavaquinho pode ser encontrado em valores menores, porém se você for para os profissionais com certeza encontrará coisas nessa faixa de preço.

Transforme toda a sua vontade em motivação!

Motivação

Assista à vídeos dos músicos que você admira, de preferência vídeos de shows ao vivo, em que você possa vê-lo tocando realmente. Dessa forma, estude! Como que o músico que você gosta ataca o instrumento?

No meu caso, eu procuro assistir à vídeos também de pessoas que tocam e ensinam à tocar determinadas músicas.

É muito bacana pra que você possa absorver um conteúdo mais técnico e possa treina-lo a partir daí! Existem curso de cavaquinho ou de outros instrumentos que são bem baratos e podem agregar muita coisa boa ao seu currículo.

Pratique

Terceira e última dica que pode parecer bem clichê, mas ela é extremamente importante: Persista e pratique! Sem persistência, você não vai conseguir desenvolver o que há de melhor dentro de você: o seu próprio potencial!

E sem prática, você não vai conseguir desenvolver o seu potencial dentro daquele instrumento musical que você escolheu pra tocar.

Não necessariamente, se você por exemplo, escolher tocar bateria você precisa ter uma batera na sua casa. Procure espaços como um estúdio musical que você pode alugar por horas e praticar o seu instrumento musical.

O estúdio disponibiliza o básico do instrumento, que são os tambores e você pode trazer os seus acessórios que geralmente são as ferragens e os pratos da batera.

Tendo o kit montado, é só ir pra cima e treinar!

Essas são as três dicas que me ajudaram bastante a começar a tocar cavaquinho. Eu espero que isso sirva de inspiração pra todos vocês e que vocês possam se divertir bastante com o instrumento que vocês escolherem tocar à partir de agora!

Faça cursos online

No meu caso eu procurei fazer um curso de cavaquinho online, ou seja, sem sair da minha casa. Eu tenho acesso ao curso de qualquer lugar onde tenha internet. Então basta meu celular e uma conexão para que eu possa treinar. Outra coisa legais é que existem cursos de cavaquinho com famosos. Por exemplo, eu comecei o curso de Cavaquinho com Dudu Nobre e vou te contar, é muito legal aprender com quem sabe de verdade.