Quem se aposenta pode continuar trabalhando?

O número de pessoas aposentadas no Brasil é bastante alto, mas algumas delas têm uma característica especial: elas continuam trabalhando.

A razão, geralmente, é que o benefício previdenciário não é suficiente para todas as despesas, mas existem os que simplesmente não querem ficar em casa.

A dúvida, no entanto, é sobre a regularidade dessa escolha. Descubra tudo sobre esse tipo de ação agora.

Aposentado pode trabalhar normalmente?

aposentadoria por idade

Pode, desde que essa pessoa não tenha sido funcionária pública estatutária, não tenha se aposentado por invalidez ou tenha aposentadoria especial.

Afora esses três casos, não existe problema legal em continuar trabalhando mesmo depois de pedir a aposentadoria por idade, mas é importante que o empregador seja avisado disso.

O ideal é comunicar à empresa que a aposentadoria foi pedida, mas que a intenção é a de continuar trabalhando normalmente.

Uma ressalva necessária é que a contribuição com o INSS continuará sendo feita, ou seja, o holerite da pessoa ainda terá a indicação de desconto previdenciário.

Aposentadoria especial: em que casos dá para seguir trabalhando?

Como falado acima, a aposentadoria especial é um dos impedimentos para que o beneficiado continue trabalhando.

Porém, existem exceções: se a pessoa documentar ao INSS que está com carga horária reduzida ou que não está na mesma função, assumindo uma menos perigosa, então ela pode continuar trabalhando.

E se houver demissão?

O fato de o aposentado continuar a trabalhar não retira dele os direitos trabalhistas, ou seja, ele poderá receber todas as coisas comuns a quem é mandado embora. Entretanto, não poderá solicitar seguro desemprego, já que esse auxílio é somente para quem não tem nenhuma renda.

Desaposentação existe?

A palavra “Desaposentação” ficou bastante conhecida durante um tempo: tratava-se do trâmite no qual o aposentado que continuava trabalhando pedia revisão do benefício, haja visto que continuou a contribuir.

Com isso, ele conseguia uma aposentadoria bem mais alta quando parasse de vez de trabalhar.

Esse processo realmente existia no INSS, mas já não pode ser usado: a Desaposentação foi banida. Dessa maneira, quem se aposenta e continua trabalhando não terá retorno da sua contribuição previdenciária: se decidir largar o emprego, o valor da sua aposentadoria não pode ser revisto.

Uma das razões para que a Desaposentação fosse proibida é que servia como uma forma de aumentar os gastos da previdência social.

Era trabalhoso e custoso rever tantas aposentadorias e, com a necessidade de economizar, ela foi colocada em desuso.

Continuar trabalhando depois de aposentado é um bom negócio?

Para quem possui boa saúde, é um excelente negócio: a aposentadoria não é suspensa e essa pessoa fica com duas fontes de renda.

Entretanto, é fundamental conferir as condições da aposentadoria: se ela não permite que o servidor continue trabalhando, o benefício pode até ser suspenso.

Poucos empregadores têm restrições a respeito de contratar pessoas aposentadas e isso não precisa ser colocado no currículo.

Durante a entrevista, basta que esse trabalhador diga que se aposentou, mas que ainda sente vontade ou mesmo necessidade de permanecer na ativa.